BLUBELL

Mais conhecida como Blubell, a cantora e compositora Bel Fontana começou sua carreira solo em 2006 com o disco “Slow Motion Ballet” apenas com composições suas, com exceção de uma versão de “Junk” de Paul McCartney.

 

Com seu Segundo disco - “Eu Sou do Tempo em que A Gente Se Telefonava” (2011), entrou definitivamente para o hall de artistas independentes da sua geração com direito a uma turnê muito bem sucedida no Japão e a ser a primeira artista solo feminina do Brasil a participar do renomado festival internacional Lollapalooza.

 

Com o disco de versões “Blubell & Black Tie" (2012), comprovou sua veia de intérprete e ganhou o Prêmio da Música Brasileira de “Melhor Disco em Língua Estrangeira”. Com “Diva é Mãe” (2013), solidificou seu estilo de composição com canções que mais parecem crônicas saídas da vida cotidiana, misturando amor com humor e pop com jazz.

 

 Em 2016, seu quinto álbum de carreira, “Confissões de Camarim”,  traz onze faixas, todas de sua autoria, com exceção de "Pretexto" de Pélico e de "A Tardinha", parceria sua com Zeca Baleiro.

O Mergulho no universo da escrita

Num olhar atento sobre o luto, medos e sombras internas e do mundo lá fora, a cantora desenvolveu uma série de crônicas enquanto compunha as canções de seu novo álbum "Música Solar para Tempos Sombrios". O livro homônimo traz textos sobre suas dores, seu dia-a-dia de artista, inspirações e cotidiano do ponto de vista "da ponta do seu nariz". O livro "Música Solar para Tempos Sombrios" é composto por 9 crônicas, uma para cada canção do disco que estreia em outubro de 2021.

 

Com texto de orelha de Roberta Estrela D'Alva, o livro de estreia de Blubell é ilustrado por Juliana Russo, com projeto gráfico da Editora Lyra das Artes e do artista visual Daniel Banin, com um formato inspirado nos encartes de CD, porém com o suporte para a audição do álbum em QR Code.

Para cada canção, uma crônica, e para cada crônica, uma ilustração, formando um conjunto multilinguagem.

Se Blubell nos disse uma vez que "Diva é a mãe!", nesse livro ela nos apresenta sua face literária humana, artisticamente humana. 

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Spotify - Black Circle

Garanta o seu exemplar em pré-venda a partir de 16 de setembro na nossa loja!

Música Solar para 
Tempos Sombrios